segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Alô, liberdade

Alô, liberdade
Desculpa eu vir
Assim sem avisar
Mas já era tarde
E os galos tão
Cansados de cantar

Bom dia, alegria
A minha companhia
Vai cantar
Sutil melodia
Pra te acordar

Quem vai querer tocar trombeta
Pem pererém pererém
Pempem
Quem vai querer tocar matraca
Tracatracatraca
Tracatraca
Quem vai de flauta e clarineta
Fi firiri
Firiri fifi
Quem é que vai de prato e facaa
Taca cheque taca
Chequetaca checá
Quem vai querer sair da banda
Pan pararan
Pararan panpan
Hoje a banda sairá

Alô, liberdade
levante, lava o rosto
Fica em pé
Como é, liberdade ...
Vou ter que requentar
O teu café

Bom dia, alegria
A minha companhia
Vai cantar
Em doce harmonia
Pra te alegrar

Quem vem com a boca no trombone
Pom pororom
pororom pompom
Quem vem com a bossa no pandeiro
Chá carachá
Carachá chachá
E quem toca só toca telefone
Trim tiririm
Tiririm trimtrim
E quem só canta no chuveiro
Trá tralalá
Tralalá lalá
Quem vai querer sair na banda
Pan panpan
Hoje a banda sairá
Laiaralaialaialaiá
Hoje a banda sairá
Olá, liberdade!

5 comentários:

  1. Essa música expressa muito o desejo da liberdade,que pelas palavras da música, nós com certeza percebemos o quanto Chico Buarque está sufocado a procura de voar livremente.

    Pedro Henrique
    9ºano-E

    ResponderExcluir
  2. Chico Buarque explorou muito as ambiguidades e trocadilhos nesta canção, expressa seus pensamentos e opiniões com relação ao período de ditadura. Muito bom!

    Leonilson Lins, 9º ano E

    ResponderExcluir
  3. MELHOR IMPOSSIVEL

    FRANCISCO ROMULO,NONO ANO E

    ResponderExcluir
  4. Mostra o desejo inspirador de Chico pela liberdade e os prazeres que ela proporciona as pessoas.
    Caio Rommel 9° ano E

    ResponderExcluir
  5. Bem a música ela expressa o momento inspirador de Chico Buarque, tambem usou novamente palavras para expressar sobre a ditadura e finalmente o desejo de liberdade e da libverdade de expressão
    Marcelo de Amorim 9°Ano E

    ResponderExcluir